Notícias

voltar

Fim da monetização dos canais infantis no youtube

E agora?

Olá youtubers e influencers. Sejam bem vindos ao escritório Francel Menezes Contabilidade (@francelm_contabilidade).

Recentemente, uma notícia impactou os produtores de conteúdo do youtube e seu público: o fim da monentização dos canais infantis.

Em email enviado aos produtores pelo próprio youtube, o assunto da mensagem foi descrito como " Alterações para proteger melhor as crianças no YouTube ", e foi informado que a ação é uma resposta às questões levantadas pela Comissão Federal de Comércio (FTC, na sigla em inglês) dos Estados Unidos a respeito da conformidade com a Lei de Proteção da Privacidade On-line das Crianças (COPPA, na sigla em inglês). Conforme notícias veiculadas na mídia, o youtube foi multado em U$ 170 milhões.

Os produtores irão prestar informações à plataforma e terão quatro meses de adaptação antes que as alterações entrem em vigor.

Por concidência, em 08/02/19, publicamos um artigo relacionado à propaganda infantil abusiva (publicidade disfarçada de programação de entretenimento) envolvendo canais no youtube. Neste ocasião, citamos a existência de denúncias realizadas por ONG voltada para defesa de direitos de criança, instauração de inquérito pelo Ministério Público e também os detalhes da Resolução CONANDA nº 163/2014, que dispõe sobre a abusividade do direcionamento de publicidade e de comunicação mercadológica à criança e ao adolescente.

Bom, o objetivo deste artigo é estimular a reflexão dos produtores de conteúdo sobre a estratégia que adotarão para manterem o seu patamar de monetização, ainda que seja a médio prazo. E mesmo para aqueles que não serão afetados em função destas alterações, há razões relevantes para refletir.

Todos aqueles que exercem uma atividade lucrativa estão sujeitos à variáveis internas e externas. Quando estas variáveis estão no nosso radar, quando conhecemos a possibilidade da sua ocorrência, normalmente nos antecipamos e traçamos as medidas que iremos adotar caso ocorram e também as medidas preventivas caso seja possível.

Todo profissional ou empresa deve adotar medidas de gestão, controle e mitigação de riscos relacionados à sua atividade.

Uma empresa que revende produtos importados por exemplo, em época de queda no dólar, aproveita para aumentar seu estoque com um custo mais baixo, para reduzir a quantidade de imortação no período de alta do dólar. Trata-se uma variável externa previsível e muito comum, favorável a importadora e ao mesmo tempo desfavorável a exportadora, que tem o seu faturamento impactado.

Em uma alta do dólar, o cenário passa a ser desfavorável por exemplo, para as empresas que contraíram empréstimos ou firmaram contratos comerciais no exterior indexados a esta moeda, e são afetadas por maiores despesas de variação cambial.

Uma empresa que ganha uma nova concorrente no mercado, também é muito afetada pela disputa de preços, tarifas,qualidade de atendimento, rede de abrangência, novos serviços, e novas tecnologias, como está ocorrendo atualmente no setor de varejo (chegada da Amazon ao Brasil) e no setor financeiro (surgimento de novos bancos digitais que oferecem serviços à taxa zero).

Mas também existem aquelas variáveis imprevisíveis e incomuns, como a greve dos caminhoneiros que ocorreu em 2018, que resultou na falta de combustível em centenas de postos e na falta de diversos alimentos essenciais, como o leite, em diversos mercados e similares.

Pergunto: será que depois da primeira greve ocorrida em 2018, os estabelecimentos que revendem alimentos se prepararam melhor diante das posteriores ameaças de greve por parte dos caminhoneiros? Certamente sim.

E com os youtubers não deve ser diferente. Em 2018, as diretrizes do youtube foram alteradas e diversos canais tiveram  problemas com alguns de seus vídeos ou até mesmo a suspensão do canal. Isto afetou diretamente a monetização.

E agora, em setembro de 2019, foi anunciado que novas alterações irão ocorrer e que poderão afetar muito os canais que produzem conteúdos voltados para o público infantil. Daqui a três meses e meio estarão em vigor.

Sem querer entrar no mérito da discussão acerca do conteúdo infantil, uma questão é certa e precisa ser vista como uma variável pelos produtores de conteúdos: o youtube sempre irá atualizar as suas diretrizes com o objetivo de não descumprir normas e não sofrer penalidades. 

Considerando que a sua exposição é global e que alcança todos os países (ou quase todos), no meu entendimento, está sujeito às normas e penalidades de todos os países. Por isso, não há dúvidas que sempre irão enrijecer suas diretrizes.

Assim, trata-se de uma variável tanto para o youtube quanto para os produtores de conteúdo, e quando ele altera as suas diretrizes e políticas para trazer maior rigidez e segurança à sua plataforma, significa que está se esforçando para controlar estas varáveis ou ao menos, reduzir o impacto de eventuais penalidades.

E vocês produtores de conteúdos? Estão controlando esta variável para reduzir os riscos inerentes à sua atividade?

Chegou a hora de refletir, não só sobre esta variável, e vou deixar algumas dicas abaixo:

- É possível abordar mais de um tipo de conteúdo?

- Seria interessante ter mais de um canal (conteúdos diferentes)?

- Seria interessante monetizar também um ou vários sites / blogs relacionado ao seu canal e conteúdo?

- Seria interessante investir em um aplicativo para expandir o seu alcance e fidelização dos clientes?

- Você promove o enganjamento e crescimento das suas outras redes sociais para que elas possam te gerar renda com marketing de influência (youtubers que são influencers digitais)?

- Seu conteúdo possui algo ilegal? Não é apenas o youtube que pode ser penalizado. Você também pode e também está se expondo para muitos países.

- O nome do seu canal ofende alguém, alguma empresa, marca ou produto?

- Você produz conteúdos com informações polêmicas sobre terceiros?

- Você produz conteúdos com ações descabidas perante terceiros? Alguns youtubers já foram processados e tiveram que indenizar outras partes. Além disso, foram condenados a permanecer afastado da plataforma por alguns anos.

- Você respeita os direitos autorais de terceiros?

- Você pode aproveitar seu público como clientes em outra atividade econômica que possa te gerar renda (livros, e-books, treinamentos, e-comerce com produtos personalizados, grupos fechados de whatsapp com dicas e etc)?

- Você investe na sua educação e formação? Não pare de estudar. Se você deseja ser um empresário bem sucedido, estudar e planejar precisam ser priorizados independente da sua falta de tempo.

- Você procura aplicar o seu capital (renda que acumulou) em boas aplicações financeiras (investimentos) ou mantém o valor na poupança? (Obs: Clique aqui para ler nosso artigo sobre este tema)

- Você gasta mais do que deve?

- Você contratou uma contabilidade especializada em youtubers (adsense) para estruturar o seu canal como empresa, para eliminar os riscos tributários e te assessorar para o pagamento de tributos da forma menos onerosa possível?

O youtube não é instável como afirmam por ai. Ele está controlando as suas variáveis para reduzir riscos inerentes à sua atividade.

Caso tenham interesse em se informar um pouco mais, convido a todos vocês para tomar conhecimento das nossas outras publicações relacionadas à tributação dos youtubers, influencers digitais, blogueiros, streamers, instagramers, facebookers, twitchers e outros, que destaco abaixo. Nós escrevemos pensando em vocês.

_____________________________________________________________________________________________________

Por que os ganhos dos YOUTUBERS com adsense NÃO devem ser omitidos perante a Receita Federal?

Vantagens na abertura de uma empresa - Microempresa, MEI, EPP

Youtuber - Registre seu canal no youtube como MARCA

Fim da monetização dos canais infantis no youtube

Youtuber pode ser MEI (microempreendedor individual)?

Contabilidade especializada para YOUTUBER - monetização e ganhos adsense

Influenciadores digitais (influencers) - Imposto de renda e carnê leão

Publicidade infantil - Youtubers e Influenciadores digitais

Regulamentação da profissão de Youtuber - Projeto de Lei nº 10938/2018

Carnê-leão atrasado youtubers - (imposto de renda monetização adsense)

Monetização de streamers - Imposto de renda e carnê leão

Isenção de imposto de renda Youtuber - monetização adsense

Ganhos de Youtuber e Blogueiro - Principais dúvidas sobre imposto de renda e contabilidade

Como declarar ganhos do adsense de youtubers? CUIDADO!

Contabilidade para desenvoledores de sites, aplicativos e sistemas (softwares)

Monetização youtuber e imposto de renda - Políticas do Programa google adsense

Monetização adsense e imposto de renda - Políticas do Programa de parceria do youtube

Monetização adsense e imposto de renda - Evitem problemas com as Políticas do youtube e com a Receita Federal

Contabilidade para afiliados (hotmart, monetizze, eduzz e etc)

_____________________________________________________________________________________________________

Nós, do escritório Francel Menezes Contabilidade, prestamos serviços de contabilidade, assessoria tributária, declaração de imposto de renda pessoa física, abertura de empresas (LTDA, EIRELI, EI, MEI, microempresa), e registro de marcas para youtubers, blogueiros, influencers (influenciadores digitais), streamers, gamers, cursos on line, produtores de conteúdos em geral, profissionais de marketing e publicidade, desenvolvedores de sites, aplicativos (apps), softwares, e diversos outros prestadores de serviços como profissionais da saúde, engenheiros, arquitetos e etc.

Podemos regularizar a sua situação fiscal perante a Receita Federal do Brasil caso você tenha deixado de pagar o seu imposto nos meses anteriores e orientá-lo a exercer a sua atividade e profissão pagando menos tributos e sem correr riscos tributários.

Caso reste alguma dúvida, basta nos enviar um email ou entrar em contato através do whatsapp (21) 97254-3286, ou clicando no botão flutante desta página. 

Conte conosco. Estamos à disposição para ajudá-los.

Escritório Francel Menezes Contabilidade

Solicite nosso whatsapp por email. Atendemos a todo o Brasil.
 
E-mail: ffmcontabil@gmail.com

Instagram: @francelm_contabilidade 

Canal no youtube

Site: http://www.menezescontabilidade.com.br
 
Facebook: https://m.facebook.com/Francel.Menezes.Contabilidade/

Telefone (21) 2671-9155